Ir al contenido

Muito perto de Bogotá, a menos de uma hora, descobri fascinantes pinturas rupestres das culturas pré-colombinas desta região da Colômbia.

Claudio Roethemund

Suíço

Encuesta

Você utiliza aplicativos para dispositivos móveis com informação sobre destino quando viaja para Colômbia ou outros países?

Resultados

Estás en:

Parque Arqueológico de Facatativá: As pinturas rupestres nas paredes rochosas

Parque Arqueológico de Facatativá

Parque Arqueológico de Facatativá

O Parque Arqueológico de Facatativá, conhecido também como as Pedras do Tunjo, está localizado no departamento de Cundinamarca, a apenas 40 km de Bogotá. O Parque tem a superfície de 40 hectares, nas quais se podem encontrar abrigos rochosas, pintura rupestre e maravilhosas paisagens.

No Parque se encontram imensas rochas metamórficas, resultado da intensa pressão da terra que, com o desenvolvimento da litosfera, terminaram o andar de um grande lago que provavelmente cobria a Sabana de Bogotá. Os sessenta murais estão espalhados irregularmente por todo o parque de Facatativá.

É o único parque arqueológico colombiano localizado num contexto urbano e um dos principais parques naturais próximos à cidade de Bogotá.

As Pedras de Tunja são a atração principal de Facatativá e o destino dos turistas que vêm de outras partes da Colômbia. Além de uma aproximação às culturas pré-hispânicas e o encontro com este patrimônio arqueológico, os turistas podem realizar ali os picnics ao ar livre ou alugar botes para navegar no lago.

A pintura rupestre (a pictografía)

A pictografia é uma forma de comunicação escrita através das expressões gráficas que consiste em desenhar figuras de animais, plantas, seres humanos, práticas rituais e cotidianas e outras representações, aplicando os pigmentos naturais sobre a rocha.

A pictografia se caracteriza pelo uso do código gráfico e visual que constitui a tradução de uma frase ou um enunciado completo. A vantagem deste tipo de comunicação é que as pessoas inclusive depois de muitos séculos se podem entender, sem a necessidade de compartilhar uma mesma língua, já que os pictogramas não se referem à forma lingüística nem fonética de uma língua.

História do Parque

As pinturas rupestres se realizam no mundo há mais de 30 mil anos.

Antes de 1970, os visitantes podiam contemplar sobre a superfície das pedras numerosas pictografías. Desafortunadamente, em decorrência das últimas três décadas, o Parque foi explorado como lugar de recreação ativa, impactando negativamente no meio ambiente e no patrimônio arqueológico. Por esta razão, a maioria das pinturas rupestres ficou coberta por graffitis.

A recuperação do Parque

Desde 2009, o Parque Arqueológico “Piedras del Tunjo” está a cargo do Município de Facatativá em comodato, com a supervisão do Instituto Colombiano de Antropologia e História (ICANH) atualmente se estão realizando no somente processos que visam à restauração do arte rupestre mas também direcionados, à investigação arqueológica e antropológica do legado deixado pelos primeiros povoadores do altiplano Cundiboyacense, especialmente do ocidente Cundinamarqués.

O Parque Arqueológico “Piedras del Tunjo” é um dos 5 parques arqueológicos da nação, no entanto, é o único que se encontra numa zona urbana, o que lhe dá uma conotação de especial singularidade.

Mais informações sobre sua visita podem ser obtidas através do site oficial do Parque Arqueológico.

Contato

Proexport Colombia
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Colombia | Marca País Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica Proexport Colombia