Ir al contenido

Os acessórios em tagua, que comprei na Colômbia, são toda uma sensação em meu país. Cada vez que viajo se converte no presente perfeito.

Laura Hernández

Peruana

Encuesta

Você utiliza aplicativos para dispositivos móveis com informação sobre destino quando viaja para Colômbia ou outros países?

Resultados

Tagua: O marfim vegetal

  • Onde se trabalham os artesanatos?: Chiquinquirá, Boyacá
  • Região: Andes
  • Material: tagua.
Acessórios em tagua.

Acessórios em tagua

Nos espesos bosques tropicais e úmidos da Colômbia, cresce uma planta muito especial, conhecida como tagua (Phytelephas seemannii, Phytelephas macrocarpa) ou marfim vegetal. Esta espinhosa palma, de aparência pouco atrativa e entre 5 e 6 metros de altura, demora ao redor de 15 anos até dar os primeiros frutos. A partir deste momento, a árvore tem ao redor de três colheitas ao ano.

Noz da tagua

No estado natural, a tagua se parece à noz (chamada mococha), cheia de caroços. É uma amêndoa de cor branca, dura, lisa e opaca e com textura parecida a marfim. A noz amadurece durante 6 e12 meses, durante os quais a semente se endurece, adquire uma grossura final e sua cor muda de branco a ocre claro. A noz madura tem entre 3 e 6 cm de longitude.

Os acessórios em tagua chamam atenção de todas as mulheres do mundo.

Características de tagua

As propriedades que identificam a qualidade desta matéria prima vegetal e fazem da tagua um produto tão apreciado, são sua dureza e a cor que a assemelham ao marfim animal.

Usos e produtos de tagua

A tagua começou a ser explorada desde a época da Colônia quando os colonos espanhóis vieram ao continente americano. Desde o primeiro contato dos estrangeiros com esta planta, a noz da tagua se utilizou para a produção de botões, cabos de guarda chuvas e bengalas, cachimbos, porta guardanapo, pentes, peças de xadrez, teclas para piano, abrecartas e outros utensílios.

Séculos depois, o invento do plástico acabou com a popularidade da tagua. Por outro lado, os elementos de alta qualidade começaram a ser elaborados do marfim animal.

Salvaremos os elefantes graças à tagua!

Acessórios em tagua.

Acessórios em tagua

Graças aos gritos dos ecólogos, nos últimos anos, a natureza volta a impor-se sobre o artificial e os bosques tropicais de tagua que crescem na Colômbia resultam ser a salvação dos elefantes.

As atuais tendências mundiais por preservar o meio ambiente e a proibição de caçar elefantes e rinocerontes para extrair o marfim provocaram que os grandes desenhistas europeus e norteamericanos de alta costura, como Christian Dior, Yves Saint Laurent e Versace começassem a propor as coleções de roupa que contêm os materiais naturais. Por esta razão, a tagua deixou de ser uma humilde palmeira para converter-se num produto de um grande valor comercial a nível mundial.

Artesanatos de tagua em Colômbia

Por sua resistência e por sua cor, a tagua se assemelha ao marfim animal.

Os artesãos Colombianos são experientes em elaborar as verdadeiras jóias em tagua. Os grandes artistas que trabalham o marfim vegetal, vêm de Chiquinquirá, uma cidade conhecida pela famosa catedral e a milagrosa Virgem, localizada a 3 horas de Bogotá, no departamento de Boyacá. Os artistas chiquinquirenhos se especializaram na elaboração das miniaturas decorativas de tagua (fichas de xadrez, presépios, etc.) das que várias já se encontram no Guinness Record.

Hoje em dia, os artistas Colombianos utilizam este material para produzir dele todo tipo de artigos decorativos: manilhas, porta retratos, abrecartas, figuras e acessórios: argolas, colares, pulseiras, etc. que chamam a atenção de mulheres em todo mundo.

Se você gosta da tagua pode te interessar:

Contato

Proexport Colombia
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Colombia | Marca País Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica Proexport Colombia