Ir al contenido
destinosrecomendadosparaelfindesemana.jpg

Estás en:

Inicio > Turista internacional > Aonde ir? > Destinos recomendados para o fim de semana > San Andrés: um plano de quatro dias para os turistas do mundo

San Andrés: um plano de quatro dias para os turistas do mundo

Haga click sobre la imagen para ampliarla  San Andrés Ilha

San Andrés Ilha

São um pouco mais de 720 km os que separam este arquipélago das costas colombianas, sendo a região insular mais setentrional da Colômbia no meio do mar Caribe, cuja aparência é célebre por sua forma de cavalinho de mar e pela policromia espetacular de sete tons de seu mar, vista do avião, da praia, ou, numa melhor panorâmica, a partir de La Loma, o setor mais autêntico da ilha.

Por sua localização geográfica e por todo o ambiente natural, San Andrés se tornou um dos lugares mais estratégicos para a afluência turística dos colombianos e de muitos estrangeiros seduzidos pelo que lhes contaram. Por causa do oceano ao seu redor, pelo ecossistema, pela música antillana e as praias, San Andrés é como um palco que funde muitos elementos naturais e culturais e se torna um dos lugares mais visitados da Colômbia pelos próprios colombianos, e por turistas da Espanha, México, França, Estados Unidos, Suécia, Peru, Bélgica, etc.

San Andrés se tornou um dos lugares mais estratégicos para a afluência turística dos colombianos e de muitos estrangeiros

São muitas as visões e as experiências dos que tomaram a decisão de começar a conhecer a Colômbia, a partir de sua primeira região ao norte ou que, estando no país, buscaram os muitos paraísos que possui este país. Independentemente das expectativas sobre a ilha, há planos inesquecíveis para realizar.

Percorra San Andrés em quatro dias

Claudia Milena Cano e seu esposo, como muitos casais, escolheram a ilha colombiana para passar sua lua de mel, pela alegria da ilha, por sua beleza natural e a possibilidade de fazer compras. Ela planejou o tempo de quatro dias que tinha a disposição para não perder nada dos encantos de San Andrés, e suas recomendações são similares às daqueles viajantes que viveram a mesma maravilhosa experiência:

Haga click sobre la imagen para ampliarla O mar das sete cores

O mar das sete cores

Primeiro dia

Geralmente se vai a Jhonny Cay, uma ilhota com praias de areia branca, com um aquário natural deslumbrante e com o esplendor das muitas espécies marinhas. Na praia estão os amáveis nativos que tornam o passeio mais agradável com uma boa música reggae e calypso, e com o delicioso sabor da gastronomia típica. Geralmente o plano começa às 10:00 e termina ao cair da tarde.

Segundo dia

Durante um percurso de aproximadamente 32 km pela avenida circular se pode dar uma volta na ilha. O passeio se faz de táxi, carro particular, bicicleta, motocicleta ou em carro de golfe, e é necessário localizar as paradas imperdíveis como a gruta de Morgan, baía El Cove, o Hoyo Soplador, Big Pond, o balneário West View e La Piscinita, uma espécie de enseada habitada por diversos tipos de moluscos. Se o tempo permitir deve-se conhecer o setor de La Loma, se não, a visita pode ficar para o dia seguinte.

Cidadãos do mundo, como os espanhóis, visitam com frequência a ilha. Alguns por seus vínculos ou amizades com nossos compatriotas

Terceiro dia

Para visitar o tradicional bairro La Loma, onde se concentram os valores culturais dos sanandresanos. Ali se aprende muito sobre a ilha, e o que se aprende fica para sempre na memória. Depois, no setor de San Luis se pode dedicar a tarde e a noite para aprender a dançar os ritmos caribenhos. Sempre se encontra alguém que dance e ensine.

Quarto dia

Supondo que este seja o último ou o penúltimo dia de umas curtas férias, deve ser aproveitado para visitar o comércio do setor central e adquirir a excelentes preços eletrodomésticos, licores, perfumes, jóias, objetos e claro, música autóctone de San Andrés para recordações.

Experiências de estrangeiros em San Andrés

David Kramer, estadounidense, professor e ecologista, recorda que quando trabalhava num colégio de Cali seus colegas lhe falaram da ilha. Para ele, San Andrés foi a oportunidade de certificar-se como mergulhador graças às escolas e à fácil visibilidade das águas cristalinas e a rica flora e fauna do mar sanandresano. Como amante da natureza e dos esportes aquáticos, David diz que a ilha colombiana será sempre uma de suas melhores vivências.

Haga click sobre la imagen para ampliarla San Andrés Ilha

San Andrés Ilha

Outros cidadãos do mundo, como os espanhóis, visitam com frequência a ilha. Alguns por seus vínculos ou amizades com nossos compatriotas. Clara Pinhal, casada com um colombiano, passou uma semana nesta paisagem do Caribe. “Tudo espetacular. O hotel muito bom, as pessoas agradáveis, as praias caribenhas muito bonitas, os habitantes muito extrovertidos, sinceros e amáveis…”. Chamou-lhe muita atenção, disse Clara, no aquário de San Andrés, o excelente atendimento recebido por um grupo de espanhóis que veio passear na Colômbia.

María Beatriz Correa, argentina, viajante detalhista em todos os seus passeios, desde antes da saída até o momento do regresso, decidiu visitar o mar multicolor. Ela conheceu as discotecas, as praias, a música, os instrumentos típicos feitos com ossos de animais, comeu deliciosas lagostas e passeou em barcos com pisos de cristal que permitem a admiração do mundo submarino.

"ali em San Andrés você entende por que as águas do Caribe foram chamadas por Cristóvão Colombo como os jardins da rainha"

Mas há um momento crucial de sua viagem, descrito por ela mesma: “…ir ao aquário natural Rose Cay e a Jhonny Cay, acho que é uma das experiências que ficará para sempre em minha quase nula memória. E seria um motivo pelo qual voltaria a San Andrés. Parte-se do porto e é uma excursão de um dia inteiro. É preciso ter paciência pois todos saímos na mesma hora e voltamos juntos. Vão chamando por ordem de chegada. É imprescindível, se você não tiver, comprar sapatinhos para caminhar na água, por causa dos ouriços, corais e restantes de flora e fauna marítima”.

María Beatriz se sentiu também conquistada pela cordialidade dos sanandresanos e os adjetivos respeitosos que usam para chamar às mulheres que visitam a ilha: rainha, bonita, preciosa. Nossa viajante diz que “ali em San Andrés você entende por que as águas do Caribe foram chamadas por Cristóvão Colombo como os jardins da rainha. O mar é realmente de sete cores... você quer ficar ali para sempre...”

São as sensações de quem de repente está no meio da tropical San Andrés, graças ao encanto do seu mar, da sua música, da deliciosa comida, das histórias do lendário pirata Morgan e de todo um clima provocado pelo horizonte colorido, pela natureza esplendorosa e pelas pessoas alegres e amáveis do lugar, conhecedoras da terra onde tiveram a sorte de nascer e estar morando.

Conheça a ilha de San Andrés neste percurso por www.colombia.travel:

Contato

Proexport Colombia
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Colombia | Marca País Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica Proexport Colombia