Ir al contenido

 Colombia Portal oficial de turismo

Terra maravilhosa de gente amável. Conta com uma grande biodiversidade, com todos os climas e infinitas culturas que surpreendem por seu legado histórico.

Gosia Naporowska,

Checa

Encuesta

Você utiliza aplicativos para dispositivos móveis com informação sobre destino quando viaja para Colômbia ou outros países?

Resultados
portadilla_colombia.jpg

Estás en:

Colômbia: além da imaginação

Calle del barrio La Candelaria, Bogotáombiano

La Candelaria, Bogotá

Bem Vindo. Este é o portal oficial do turismo na Colômbia, um país que põe a sua disposição todos os climas, litoral sobre dos oceanos, selvas, montanhas, rios, desertos, grandes cidades e uma incrível biodiversidade.

Atreva-se a conhecer sua gente, famosa por sua hospitalidade e por seu calor humano! Descubra Colômbia, o país que mudará sua vida!

Bandeira nacional da República da Colômbia

A nós colombianos sobram razões para sentir-nos orgulhosos de nosso país. Os contrastes de nossas regiões naturais, sua incrível abundância em flora e fauna, a diversidade étnica de nosso povo e a riqueza de nosso patrimônio cultural e artístico figuram entre os principais motivos.

Bandera Nacional de la República de Colombia

Bandeira nacional da República da Colômbia /Fot. el_cafe/

Como colombianos nos reconhecemos também em múltiplos símbolos e ícones que nos identificam ante o mundo. Eles estão presentes em nossa vida cotidiana, em nossas celebrações, comemorações e ocasiões solenes. Significam nosso orgulho de ser colombianos, nosso espírito de pertença e origem; afirmam nossa presença e nos consolam na adversidade. São símbolos que fazem da Colômbia diversa uma indescritível unidade.

O amarelo simboliza as riquezas de nosso país; o azul, os dois mares que nos banham; e o vermelho, o sangue que derramaram nossos heróis.

Criada pelo General Francisco de Miranda, a bandeira da Colômbia tremulou pela primeira vez no dia 12 de março de 1806 no porto da Vela. Foi adotada oficialmente no dia 26 de novembro de 1861. Está inspirada nas cores primárias: amarelo, azul e vermelho.

Escudo nacional da Colômbia

O escudo de armas da República da Colômbia consta de três faixas horizontais. O condor, ave de nossos Andes, simboliza a liberdade. Está representado de frente, com as asas estendidas e olha para a direita; de seu bico pende uma coroa de louros de cor verde e uma fita ondulada, ao redor do escudo e entrelaçada na coroa. Nela aparecem, sobre ouro e em letras negras, as palavras Liberdade e Ordem, lema nacional.

Escudo Nacional de la República de Colombia

Escudo Nacional da Colombia

No terceira parte superior, sobre fundo azul, há uma romã de ouro aberta, com talho e folhas também de ouro, que evoca à Nova Granada, nome que recebeu Colômbia no século XIX. A seus lados se vêem duas cornucópias: a da direita contém moedas de ouro e prata, e a da esquerda frutos tropicais. Simbolizam a riqueza e prodigalidade do solo nacional. No meio, sobre um fundo de platina se localiza um barrete frigio, símbolo da liberdade.

No parte inferior, sobre águas marinhas, dois navios com as velas abertas aparecem dos dois lados do Istmo de Panamá, que simbolizam os dois oceanos que banham ao país. As velas abertas aludem ao comércio da Colômbia com o mundo. O escudo está rodeado por duas bandeiras nacionais.

Ave nacional

O condor andino é a maior ave voadora do mundo.

O condor dos Andes, de grande tamanho e majestoso vôo, é considerado a ave nacional. Encontra-se no Escudo da Colômbia, representando as glórias da Pátria.

O condor andino pode voar até 300 km num só dia. Sua plumagem é quase totalmente negra, com reflexos metálicos e uma faixa esbranquiçada em cima das asas, além de um colar branco na base do pescoço. Os machos possuem uma crista carnosa de cor vermelha sobre a cabeça.

Orquidea cattleya, flor nacional colombiana /Fot. http://www.flickr.com/photos/adrian-afonso/2889248559/sizes/o/.

Orquidea cattleya, flor nacional /Fot. adrian-afonso

Flor nacional

A orquídea cattleya trianae, vulgarmente conhecida como “flor de maio” ou “lírio de maio”, é desde 1936 a flor nacional da Colômbia. Leva seu nome em honra do naturalista colombiano José Jerónimo Triana, e é típica da faixa térmica temperada (entre 1000 e 2000 metros sobre o nível do mar e 17-24 graus centígrados).

Árvore nacional

No Quindío, departamento do Triângulo Cafeeiro, mais exatamente no Vale de Cocora, cresce a palma de cera, caracterizada por sua fortaleza, sua longevidade e elevada estatura, já que atinge os setenta metros de altura.

Palma de cera del Quindío /Fot. http://www.flickr.com/photos/paulhs/3173102586/sizes/o/.

Palma de cera /Fot. paulhs

Música da Colombia

Tem suas origens nas danças de Guiné. Surge do sincretismo musical e cultural de indígenas, africanos e europeus na região do delta do rio Magdalena.

A cumbia combina características hispânicas, indígenas e africanas. É interpretada em grupos por casais que dançam em círculo ao som da música de tambores e gaitas, levando nas mãos uma vela acendida.

Hoje em dia, os ares vallenatos e o pop nacional são protagonistas da cena musical mundial. A música colombiana constitui uma variedade de tendências e ritmos que não cessa de reinventar-se.

A cumbia é o ar musical que identificou tradicionalmente a Colômbia frente ao mundo.

Esporte nacional

O Tejo, versão moderna do turmequé dos muiscas, era praticado já faz mais de quinhentos anos no planalto cundiboyacense. Consistia em lançar um disco de ouro chamado zepguagoscua, e evoluiu com os séculos no jogo do tejo praticado hoje em Colômbia e em seus países vizinhos.

Na atualidade consiste em introduzir o tejo de ferro dentro de um círculo metálico ou bocín, em cujos bordes se colocam pequenos envelopes com pólvora, chamados “estopins”. Quem consiga fazer mais explosões ganha a partida. Era costume dos indígenas acompanhar as partidas consumindo chicha, uma bebida de milho fermentado. Hoje os jogadores se refrescam com cerveja.

A regulamentação e a divulgação do turmequé ou tejo está sob a responsabilidade do Instituto Colombiano da Juventude e o Esporte, entidade estatal.

Hino nacional

Foi composto em 1887 com letra de Rafael Nuñez e música do compositor italiano Orestes Sindici, para comemorar o dia 11 de novembro a Independência de Cartagena. A Lei 33 de 28 de outubro de 1920, sancionada pelo presidente Marco Fidel Suárez, deu-lhe caráter oficial.

Escute o hino da Colômbia!

Contato

PROCOLOMBIA
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica PROCOLOMBIA