Ir al contenido

 Colombia Portal oficial de turismo

La respuesta es Colombia

Estás en:

Inicio > Official Bloggers > Priscilla Negrão > Turismo em Bogotá: os melhores pontos turísticos

We are an expat community that live and feel Colombia; we write in our native languages and love to travel through this beautiful country. Here you can find our travel stories where we share sensations, flavors and smells from Colombia. We invite you to read our experiences.

(*) Colombia.travel and PROCOLOMBIA is not responsible for personal opinions presented by each blogger.

Follow us on FacebookFollow us on TwitterFollow us on FlickerFollow us on Youtube


Eu confesso que antes de vir morar aqui, eu nunca pensei em passar férias em Bogotá ou em qualquer lugar da Colômbia. Eu tinha aquela visão de que aqui era só narcotráfico, que era um país perigoso e que não tinha nenhum atrativo turístico (conforme eu contei aqui). Até porque a América Latina em geral não estava nos meus planos prioritários de turismo. Pois me enganei muito! Para me mudar para cá, fui obrigada a perder o medo e - principalmente - o preconceito, para ter o prazer de conhecer o lado bonito da Colômbia. Sim, porque assim como o Rio de Janeiro não se resume ao tráfico, nem São Paulo se resume ao PCC e ao trânsito, a Colômbia é mais, muitos mais do que Pablo Escobar!

E agora, quanto mais eu vivo aqui, mais conheço, mais eu vejo, mais quero viajar e conhecer a Colômbia!!! E o mais legal é que, graças à internet, tem muita gente perdendo o preconceito e descobrindo a Colômbia comigo! Tenho recebido dezenas de e-mails perguntando sobre o que fazer, onde ficar, o que trazer, etc. Por isso, decidi fazer esta série de posts especialmente para todas as pessoas que me acompanham aqui no meu Blog do Colômbia Travel e nos meus blogs Dica Bacana e Colômbia para Niños, para dar as dicas para que vocês possam curtir muito a Colômbia nas suas férias! Pra começar, a capital: Bogotá!

TURISMO EM BOGOTÁ

A cidade de Bogotá costuma surpreender quem a visita pela primeira vez. Na maioria das vezes ninguém espera uma cidade tão cosmopolita - sete milhões de habitantes oriundos de todas as regiões da Colômbia misturados com milhares de pessoas de outros países - e desenvolvida no meio dos Andes. Sim, porque Bogotá (antigamente chamada de Santafé de Bogotá) fica exatamente no meio das montanhas, o que dá para ser bem visualizado quando você visita o "Cerro de Monserrate" (conto mais sobre Monserrate abaixo). Os números surpreendem. Capital da Colômbia, localizada a 2.600 metros sobre o nível do mar, fundada em 1538, possui:

  • 58 museus
  • 62 galerias de arte
  • 45 teatros
  • Mais de 40 salas de cinema,
  • 161 monumentos nacionais,
  • 75 grandes parques esportivos e mecânicos,
  • 44 lojas de artesanatos,
  • 28 igrejas de interesse turístico.
  • 33 bibliotecas,
  • 94 shoppings
  • 62 centros de convenções
  • 25 universidades

Por essas e outras, Bogotá é o ponto turístico ideal para começar a conhecer a Colômbia, uma cidade grande, que tem basicamente os seguintes tipos de passeios:

  • Histórico e Cultural
  • Religioso
  • Gastronômicos e baladas
  • Compras
  • Tipicos

Claro que não vou conseguir falar de tudo num só post, vai ficar enorme, mas vou tentar resumir um pouco do que tem de bacana pra fazer aqui em Bogotá de acordo com essas cinco rotas, ok? Também vou publicar um "Pequeno Guia Prático de Viagem a Bogotá" para ajudar você a planejar sua viagem, serea o próximo post nesta série.

1) Histórico e Cultural

O centro histórico de Bogotá é conhecido como região da "Candelária", conserva muito a arquitetura de tempos coloniais e republicanos e concentra boa parte das atividades culturais e históricas da cidade, são cerca de 500 instituições na região, entre museus, universidades, centros de artes, etc.

A melhor maneira de conhecer o centro histórico é a pé, e há um posto de turismo na Praça Simón Bolívar de onde saem tours gratuitos duas vezes ao dia, às 10h e às 14h. Organizado pelo Instituto Distrital de Turismo de Bogotá, o passeio oferece um guia profissional da Polícia de Turismo, proporcionando segurança e informações detalhadas sobre o centro histórico. Todos falam espanhol e alguns falam inglês. O guia vai caminhando com o grupo, explicando a relevância de cada prédio, e dependendo do tour ele entra em alguns museus. Para participar, basta se inscrever um dia antes pessoalmente no PIT do Centro histórico de Bogotá, ou por telefone: (57 1) 2837115,  ou ainda enviando um email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Você poderá visitar A Casa da Moeda, o Teatro Colón, o Observatório Astronômico, a Quinta de Bolívar, a Plaza  Chorro de Quevedo, entre outros pontos históricos. Boa parte dos prédios datam do período colonial e estão bem conservados. São casas, museus, praças e edifícios que vão encantar que curte história e arquitetura. O governo colombiano se concentra nessa região.

No centro você poderá ainda ver a Catedral da cidade, o Congresso da República, a Corte Suprema de Justiça e o prédio da Prefeitura de Bogotá. Todos esses prédios (exceto Palacio de Nariño e a Casa de los presidentes de Colombia) formam a famosa "Plaza de Bolívar", pontro principal do centro histórico e um dos cartões postais de Bogotá (com muitas pombas...rss...).

Há muitos museus para visitar, então a dica é escolher um ou dois (são próximos um do outro, dá pra ir caminhando) para não perder o dia. Os mais famosos são o "Museo del Oro" - cujo acervo é considerado o mais relevante do mundo em ourivesaria pré-Colombiana, são 34.000 peças e 20.000 objetos. Outro recomendado é o "Museo Botero" (o pintor é colombiano e doou boa parte de sua obra para o museu, um acervo de 450 milhões de euros).

Outras opções que valem a visita:

Ah! Nos últimos domingos de cada mês a entrada nos museus é gratuita! Aqui você confere uma lista completa dos museus da cidade.

2) Religioso

A Colômbia é um país muito religioso, acredito que até mais que o Brasil. Há muitas igrejas na cidade e muitas delas são pontos de turismo obrigatórios. É o caso do Cerro de Monserrate (Carrera 2 Este Nº 21 - 48) e da Catedral de Sal (Zipaquirá).

A) Monserrate

Monserrate (fundado em 1640) é o maior ícone de Bogotá e um passeio que vale a pena. De muitos pontos da cidade você pode olhar para as montanhas e enxergar a igreja "Santuario del Señor Caído", que fica a 3.152 metros do nível do mar, nos Andes, e recebe peregrinos do mundo todo. A igreja fica em uma praça, que tem uma vegetação bonita e a via crucis no caminho. Mas o melhor de Monserrate é a visão que ela proporciona de Bogotá.

Não deixe de visitar a feirinha que fica ao lado da igreja e comprar alguns cacarecos. Terços bonitos e baratos, bonequinhas colombianas, miniaturas de Chivas, lembrancinhas para toda a família a preços baratos. Também é divertido tomar um pouco de chá de Coca, à venda no local - eu achei delicioso! E levar uma caixinha pra sua mãe ou avó. Elas vão se achar "prafrentex" com sua caixinha de chá de Coca.

Para chegar ao topo, você tem duas opções: Teleférico ou Funicular (Bondinho sobre trilhos). Ambos são uma experiência divertida, principalmente na parte superior, onde os trilhos se cruzam. Suba com um e desça com o outro, para curtir os dois. Se for optar por um só, acho o teleférico mais bacana. Ah, claro, você pode subir a pé, tem uma trilha, mas é para os fortes e corajosos, já que é uma caminhada de pelo menos 40 minutos e um bem íngrime.

Vá pela manhã e fique para almoçar (ou vá a tarde e fique para jantar e ver o por do sol) em um dos dois restaurantes que tem por lá, San Isidro e Santa Clara. O preço não é dos mais baratos (em relação aos preços de Bogotá) mas também não é absurdo, é preço de restaurante normal em São Paulo. Sente em uma das mesas ao lado da janela de vidro e aprecie a vista. Para casais, dica de noite romântica garantida.

Confira horário de funcionamento e preços no site de Monserrate.

B) Catedral de sal

O segundo passeio religioso imperdível de Bogotá é a visita à Catedral de Sal. Trata-se de um passeio para o dia todo. Considerada a "Primeira maravilha da Colômbia", é uma antiga mina de exploração de sal (que ainda está em operação) que foi transformada em uma Catedral subterrânea (180 metros abaixo da terra). Fica em uma cidade a cerca de 40 minutos de Bogotá (48km de distância) chamada Zipaquirá e você pode ir de carro ou se quiser uma experiência mais típica, pode ir de Maria Fumaça (Turistren de La Sabana). Aqui você confere como chegar na Catedral.

Para ir de trem, você deve comprar o ingresso com antecedência nas estações de trem, que pode vir com a entrada da Catedral de Sal, de um ônibus e um lanche incluso. Confira aqui no site do Turistren todas as informações.

O trem é bem bonito por fora (veja aqui) mas bem simples por dentro, mas acho que vale super a pena pela experiência que é "bem colombiana". Durante a viagem um grupo de músicos típicos passa de vagão em vagão cantando e tocando, e servem um lanche com refrigerante quente (aliás, aqui não se toma refrigerante gelado, se quiser tem que pedir gelo, mas no trem não tem).

Chegando na cidade de Zipaquirá, os passageiros do trem tem que tomar um ônibus (incluso no passeio) que em dez minutos os deixará na praça de entrada da Catedral de Sal. São formados grupos na porta e o passeio é todo feito com um guia. Se quiser que o passeio seja em inglês solicite na entrada que eles formam grupos em inglês.

Você entrará em uma mina de sal de verdade, subterrânea, e caminhará pelos túneis, onde foi criada uma via crucis com marcos entalhados nas pedras ou aproveitando o que sobrou de alguma explosão ou operação da mina, e com uma iluminação que valoriza o trajeto. Dá para ver o sal nas pedras. No final da caminhada, você desce até o fundo da mina, onde fica a Catedral propriamente dita, que é bem bonita. A Catedral tem três naves: a do nascimento e do batismo, a da vida e morte e a da ressurreição, cada uma com seu altar.

Depois de tanto andar, pare para tomar um lanchinho na cafeteria que existe do lado da Catedral , ou ainda faça umas comprinhas, há lojinhas (principalmente de venda de esmeraldas) e de lembranças religiosas. Para quem quiser conhecer mais sobre a Catedral, no subterrâneo há um cineminha que passa um filme mostrando como a Catedral surgiu.

O tour completo dura uns 60 minutos. Há a opção de fazer a "Rota do mineiro", onde os turistas podem experimentar como é a vida de um mineiro, com os equipamentos de trabalho e segurança.

O passeio é para todas as idades, mas não recomendo para crianças de colo que precisam de carrinho (passei uns apertos com o carrinho na mina) ou idosos com dificuldade de caminhar, já que o chão é muito irregular. Crianças muito pequenas podem se assustar, já que precisam caminhar bastante boa parte em semi-escuridao ou em áreas pouco iluminadas.

Na volta, o trem peara em Cajicá, e os guia sorientam os passageiros a entrarem num restaurante típico com música ao vivo, para almoçar um prato colombiano. Tudo é bem rústico, mas vale a pena pela experiência. Não deixe de experimentar o refrigerante mais vendido daqui, a "Postobon Manzana", um refrigerante cor de rosa doce, que lembra o Guaraná Jesus e a Inka Cola.

Se você curtir este passeio, pode visitar também outra mina de sal, a de "Nemocón", que fica próxima a Zipaquirá, tem 500 anos de historia e 80 metros de profundidade.

Se quiser conferir mais dicas de passeios religiosos em Bogotá, clique aqui.

3) Balada e Gastronomia

Bogotá oferece uma rica variedade gastronômica com uma boa vantagem: preços melhores que os do Brasil. Aqui você poderá degustar de pratos que muitas vezes custariam o dobro ou o triplo em São Paulo. Há cinco regiões que concentram a vida gourmet da cidade: Zona T, Zona G, Usaquén, Macarena e Parque da 93.


a) Zona T: fica próxima ao shopping Andino, um dos mais chiques da cidade, com lojas como Tiffany's, Armani e Louis Vuitton. Trata-se de uma praça em forma de "T" que concentra restaurantes e bares. Nos finais de semana e em datas festivas, como o Halloween, o local "ferve".

b) Zona G: concentra restaurantes em geral, há para todos os gostos, de pizzas e cantinas a restaurantes finos. Ficam todos um pertinho do outro, então estacione e vá caminhando para escolher onde comer.

c) Usaquén: trata-se da "Vila Madalena" de Bogotá. Bairro mais boêmio, com muitos bares e restaurantes e ruas estreitas. No fim de semana tem um mercado de pulgas dominical que atrai muitos turistas. Vale a pena conferir.

d) Macarena: bairro que reúne muitos bistrôs, restaurantes pequenos e experimentais.

e) Parque da 93: uma praça grande, linda, onde rolam vários eventos, cercada de restaurantes. Um dos lugares mais agradáveis de Bogotá. Aqui você confere a programação de eventos do parque, assim dea para aliar um show ou exposição com um almoço gostoso.

Todas as regiões acima também têm bares e baladinhas, principalmente a Zona T (incluindo a região da calle 85) e o Parque da 93, sendo que a maioria das casas por aqui toca muita música latina, muita salsa, merengue e ritmos locais como o Reggaeton (imagina um funk carioca em espanhol...). Para quem curte música internacional, rock ou eletrônica há poucas - mas há - opções de balada. Mas se você vai passar poucos dias em Bogotá, vale mais a pena se jogar nos "ritmos calientes" da cidade.

Há alguns restaurantes que não ficam nessa região e que podem ser boas pedidas. Caso do restaurante giratório La Fragatta, que fica em cima do World Trade Center. Outra rede que vale a visita ee o Crepes&Waflles, uma franquia colombiana criada em Bogotea em 1980 que tem em várias regiões da cidade. Hoje já tem em outras cidades do mundo, como em São Paulo.

E você quer saber o que você deve comer aqui? Quais são as iguarias típicas imperdíveis? Fica de olho aqui no meu blog que vou contar na próxima matéria!

4) Compras

Ueba! Pra quem curte compras, Bogotá tem ótimas opções, e o melhor, preços mais baixos que os de São Paulo. Veja aqui o que fala esta matéria do UOL sobre as compras na cidade. Além disso, graças a um acordo comercial com os Estados Unidos firmado há dois anos, as redes americanas estão entrando com tudo por aqui, então você terá a chance de encontrar aquela loja que você gosta por aqui, com um preço bom e às vezes iguais aos preços americanos!

Os melhores shoppings são o Centro Comercial Andino, o Centro Comercial Santa Fé, e o Centro Comercial Titan. O Andino tem lojas de marcas famosas, como Tiffany, Louis Vuitton, etc. O Santa Fé e o Titan são os maiores shoppings da cidade e reúnem muitas das marcas americanas, como GAP, Forever 21 e Victoria Secrets.

Outras opções de compras, agora fora dos shoppings, são os outlets - tem um bem grande ao ar livre chamado "outlet de las americas", não é exatamente na linha dos "Premiuns Outlets" americanos, porque são ruas de comércio e não um centro comercial unificado, como uma vila ou shopping, mas o "Outlet de las Americas" reúne muitas lojas de fábrica e pode-se encontrar ótimas barganhas (gangas, em espanhol) por lá. Fica entre a Avenida Américas e a Avenida calle 13, da carrera 50 até a Avenida carrera 68

Há ainda o outlet Bima, um pouco longe do centro, que tem a estrutura mais parecida com a dos "Premiuns Outlets" e inclusive tem uma área com pista de kart que pode distrair seus filhos maiores enquanto você faz umas compras. Tem cerca de 70 lojas, cinema, praça de alimentação e parque de diversões para as criancas. Fica na utopista Norte No. 232 - 35.

Outra opção de outlet é o Shopping Floresta, que fica na Carrera 69 No. 98a - 45, no bairro de Suba - La Floresta. Trata-se d eum shopping de lojas de feabrica ou outlets de diversas marcas.

Se você não gosta de outlets, uma outra região boa para comprar - e onde pode-se aproveitar para jantar/almoçar - é a Zona T, região em volta do Shopping Andino. Há lojas como Victoria Secrets, Forever 21 e outras marcas.

Para quem curte couro, uma boa pedida é a "Rua do Couro" (calle 63f n. 23-30), que reúne lojas de fábrica de diversos curtumes colombianos e vende jaquetas, bolsas e carteiras de couro com preços ótimos. Tem jaqueta que custa um quinto do que custa em São Paulo. Você encontra carteira ou bolsa de couro por COP 30.000.

Outra coisa legal de comprar em Bogotá é roupa de praia. Se você gosta de roupa de praia mais trabalhada, com cortes bacanas e diferentes e tamanhos não tão diminutos, não deixe de entrar em algumas lojas de maios e biquinis em Bogotá.

Se você estea querendo comprar eletrônicos e computadores, você encontrará lojas nos shoppings como Ktronix e Falabella. Pesquise os preços e verá que são mais em conta que no Brasil. Há ainda um shopping dedicado apenas a eletrônicos e informática: Unilago. Trata-se de uma shopping de estandes, como o "Stand Center" da Av. Paulista. É bem organizado e tem estacionamento. Só cuidado ao escolher a loja em que você vai comprar, porque lá há desde as lojas oficiais das marcas até aquelas de produtos falsificados e contrabando, no maior estilo "La garantia soy yo", como as da Galaeria Pajé na 25 de março em São Paulo.

Aliás, falando em 25 de março, se você está atrás de ruas de comércio bem popular, nessa linha da 25 de março, a dica é o San Andresito e o San Vitorino.

Se você prefere comprar online e mandar entregar no seu hotel, há alguns sites, mas já aviso que o comércio eletrônico ainda anda gatinhando por aqui. Já testei diversos sites de compras online e, às vezes entregam bem antes do previsto, às vezes bem depois, então planeje bem a compra. Alguns sites:

A última dica de compras vai para quem curte jóias. A Colômbia é o maior produtor de Esmeraldas do mundo e o preço dessas encantadoras pedrinhas verdes aqui é mais em conta. Um lugar famoso para comprar esmeraldas aqui é a Galeria Cano, ou nas lojinhas dos museus na Candelearia ou ainda nas lojinhas da Catedral de Sal.

5) Passeios típicos

Não dá para vir a Bogotá sem passar por algumas experiências típicas da cidade. Há alguns restaurantes famosos de Bogotá que valem a pena você incluir no seu roteiro. O principal é o Andrés Carne de Res, que não é só restaurante, é uma das baladas mais famosas da cidade. Ele tem duas sedes, uma em Chia, cidade a 30 minutos de Bogotá, e uma na Zona T. A de Chia é a principal e primeira sede, mais típica e bem maior, mas se não der tempo vá na da Zona T que também é bem divertida, fica em um prédio e cada andar representa um local, como o céu, o purgatório e o inferno.

O importante é não deixar de conhecer este famoso ponto turístico de Bogotá. O local é repleto de cacarecos e tem uma decoração kitsh impagável. O cardápio é gigante e tem drinks servidos em cuias, praticamente baldinhos. Se estiver com crianças, vá no fim de semana almoçar na unidade de Chia, pois de dia o restaurante oferece muitas atrações e atividades para a criancada.

Além do Andrés, uma boa pedida é o Café Gaira, cujo sócio é o cantor Carlos Vives, e que proporciona uma mistura de restaurante, bar, balada e teatro. Dedicado à Cumbia, ritmo colombiano tradicional, tem performances, shows de humor, de música, danca e no final da noite vira uma pista de dança com a galera arrasando na salsa/cumbia. Mas tem que reservar porque fica sempre lotado.

Outro passeio imperdível da cidade é andar de Chiva, um onibus antigo que circulava em Bogotá, com janelas abertas e poucos bancos. Há várias empresas que oferecem tours de chiva pela cidade, que podem ser diurnos, passando pelos pontos turísticos da cidade ou noturnos, com musica alta no maior estilo "balada no busão". Os passeios noturnos são divertidissimos, junte sua turma e não deixe de fazer. Aqui algumas dicas de empresas que fazem tours de Chiva: ChivasTours, City tour chivas e Chivas Rumba. Para achar mais coloque na busca do google: "Alquiler Chivas Bogota".

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Como vocês puderam ver há muuuuito o que ver e fazer em Bogotá. Acompanhe aqui no meu blog do Colombia Travel as próximas matérias, como:

  • "O que nao deixar de comer na Colômbia"
  • "Dicas práticas para planejar sua viagem"
  • "San Andres"
  • "Cartagena"
  • "Colômbia com crianças"
  • "Agenda: Quando e como ir a Bogotá".

Se vocé tiver dúvidas sobre seu roteiro ou sobre algum ponto turísticos, comente abaixo que ficarei feliz em ajudar! E Fique de olho!! Até a próxima matéria!

Avalie esta postagem
4 votos

Comentários

Visitante
Celia Regina A C Cezarini Segunda, 21 Julho 2014

Ola estou querendo conhecer a colombia mais queria ir para Cartagena ou Santa Marta se tiver algumas dicas destes dois destinos.

Obrigada

Visitante
Cristiane Pacheco Terça, 22 Julho 2014

Adorei as informações !!! Queria saber mais sobre Bogotá para crianças , pois tenho um filho de 5 anos !
Obrigada!

Visitante
Raquel Domingo, 17 Agosto 2014

Ola Priscila!

Peguei seu contato no Viagens em familia, pretendo passar 7 dias em Dezembro com minha familia, marido e 2 meninos de 5 anos a Cartagena, minha duvida seria sobre hospedagem, onde é bom ficar, no centro historico ou na parte onde ficam os hoteis pé na areia? Fico receosa com relação á segurança, dezembro é uma boa época? 1 semana é o suficiente ou menos? o que vc recomenda?

Obrigada!

Visitante
Rita Quarta, 20 Agosto 2014

Ola!Quero informações sobre o que fazer em 7 dias em Cartagena
Obrigada

Visitante
ludmila Domingo, 24 Agosto 2014

olá, adorei as dicas... queria saber mais alguma coisa sobre Cartagena e ilha baru... estarei em lua de mel em setembro... obrigada!

Visitante
Maria de Fatima Quinta, 18 Setembro 2014

estou indopara Bogota, Cartagena e St Andres dez/janeiro, adorei as dicas so gostaria de saber as lojas de biquinis bacanas onde ficam. Obrigada

Deixe seu comentário

Visitante
Visitante Quarta, 17 Dezembro 2014

Contato

PROCOLOMBIA
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica PROCOLOMBIA